Pages

Mais Perto Quero Estar

Letra: Sarah Flower Adams
Música: Lowell Mason

As últimas palavras do Presidente William Mckinley, relatadas por seu médico, Dr. M. D. Mann, foram: -"Mais perto, meu Deus de Ti, ainda que seja a cruz' tem sido minha constante oração".

Preferido pela Rainha Vitória, por Theodore Roosevelt, pelo Rei Edward VII e muitos outros, este hino foi escrito por Sarah Flower Adams, em 1840 e é um dos treze com que ela contribuiu para "Hinos e Antemas", 1841, publicado pelo pastor, Rev. W. J. Fox, para a sua congregação.

É baseado em Gêneses 28:10-22, a história de Jacó em Betel. Sarah Flower Adams era filha de Benjamin Flower, o hábil redator do "Cambridge Intelligencer", e do "Political Review". Ela possuía talento dramático bem como habilidade poética e contribuiu para o ''Monthly Repository". Sua obra mais grandiosa foi "Vivia Perpetua" – um poema dramático.

"Bethany" é o nome da melodia composta para este hino por Lowell Mason, em 1856. Apareceu, pela primeira vez, em "Sabbath Hymns and Tune Book" (Livro de Canções e Hinos para o Dia do Senhor) , em 1859. Mason disse de sua origem: "O compasso estava irregular, porém, uma noite depois de permanecer acordado no escuro, com os olhos bem abertos, através do silêncio da casa, a melodia me veio, e na manhã seguinte escrevi as notas do "Bethany'." A melodia possui alguma semelhança com "Oft in the stilly nigth", e Mason pode ter usado, inconscientemente, alguma melodia já conhecida.

Um fato interessante é relatado com referência a este hino: "Durante a Guerra Civil o Bispo Martin da 'M. E. Church', do Sul, foi despejado de seu lar pelos Soldados da União, e saiu andando sozinho em direção ao mato. Ouviu alguém cantando 'Mais Perto Quero Estar' e dirigiu-se a uma casa de madeira, onde uma mulher velha e solitária, pobre e na miséria, cantava alegremente o hino. Esta cena despertou-lhe o sentimento de ilimitada confiança em Deus, e livrou-o dos seus temores." - The Story of Our Hymns, Haeussler, pág.355 (Com permissão da Eden Publishing House).

Fonte: Histórias de Hinos e Autores - CMA - Conservatório Musical Adventista

video

1 comentários:

Oi Cris...cai de bobeira e coincedencia no seu blog...e amei tudo..
que Deus continue te abençoando
Gabriel Bernardes
Marilia-Sp
MSN; talento_10@hotmail.com

 

Postar um comentário